Polícia

Homem é morto após assaltar gari em ponto de ônibus de Pernambués

A dupla estava a bordo de um carro e foi surpreendia ao tentar levar pertences de pessoas que estavam em um ponto de ônibus do bairro. Ainda não há informações sobre quem efetuou os disparos contra o rapaz [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Camila Tíssia e Gabriel Nascimento no dia 19 de Agosto de 2016 ⋅ 08:51

Um assaltante foi morto após ser baleado, na manhã desta sexta-feira (19), no bairro de Pernambués, em Salvador. Conforme apurou o Metro1, a situação aconteceu em frente ao Condomínio São Judas Tadeu, localizado na Rua Thomaz Gonzaga.

Acompanhado de outro homem, o bandido de pré-nome Wilian assaltou a gari Jaqueline de Jesus Sousa, de 30 anos, e levou o celular da vítima. "Eu tava trabalhando quando o bonitinho me parou. Assim que terminei de colocar a sacola no carrinho, ele veio e falou para eu passar o celular. Fiquei tão assustada que nem consegui pegar. Ele que tirou do meu bolso e depois correu. Não percebi se tinha mais gente, tava concentrada no trabalho", contou a gari ao Metro1.  

Após a ação, a dupla fugiu a bordo de um veículo roubado, modelo Pálio, por cerca de 200 metros, até ser surpreendida por um homem, ainda não identificado, que efetuou disparos em direção ao carro. Ferido, Willian, que estava ao volante, acabou batendo em um ônibus. "Eu tava parado no ponto pegando passageiro e só vi quando ele encaixou [bateu no fundo] e depois  veio parar aqui na frente. Foi muito rápido", afirmou o motorista de ônibus Bruno Carmo. Willian morreu na hora. Já Eron Felipe dos Santos tentou fugir, mas foi capturado por policiais.

Briga entre facções

Apesar da versão ainda não ter sido confirmada pela polícia, moradores da região afirmam que a morte foi motivada por uma briga entre facções. A dupla era do bairro da Mata Escura e teria sido surpreendida por bandidos que atuam em Pernambués. De acordo com a Polícia Militar, populares ameaçaram linchar o assaltante preso, mas foram contidos pelos PMs. 

Eron será levado para a  Departamento de Homicídios e Proteção (DHPP). Como o corpo de Willian ainda não foi retirado do local e o veículo interdita uma faixa da avenida, um grande engarrafamento já se forma na região, no sentido Rótula do Abacaxi.

 

 

Notícias relacionadas

[Ação da PM em Lauro de Freitas deixa dois mortos]
Polícia

Ação da PM em Lauro de Freitas deixa dois mortos

Por Matheus Simoni no dia 16 de Setembro de 2018 ⋅ 17:30 em Polícia

Eles foram flagrados com pistola, revólver e munições, além de ter envolvimento com o tráfico de drogas, segundo a polícia