Polícia

Acusado de matar investigador é preso em Itaparica

Márcio de Jesus Santos, de 47 anos, que foi socorrido e encaminhado ao Hospital de Santo Antônio de Jesus, mas o policial não resistiu e morreu. O criminoso foi identificado como Samuel Gomes Conceição, o “Macaule”, de 22 anos. [Leia mais...]

[Acusado de matar investigador é preso em Itaparica]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Camila Tíssia no dia 01 de Março de 2017 ⋅ 16:39

O autor dos disparos efetuados, na madrugada desta quarta-feira (1º), na Praça do Mercado, em Itaparica foi preso na casa de parentes da região. De acordo com Polícia Civil, uma bala perdida atingiu o investigador Márcio de Jesus Santos, de 47 anos, que foi socorrido e encaminhado ao Hospital de Santo Antônio de Jesus, mas o policial não resistiu e morreu. O criminoso foi identificado como Samuel Gomes Conceição, o “Macaule”, de 22 anos.

O investigador, que morava no Alto do Santo Antônio, foi até o local, por volta da 1h40 de hoje, para buscar a filha que estava numa festa, quando os disparos ocorreram. Além dele, duas outras pessoas também foram atingidas e socorridas ao Hospital Geral de Itaparica. Uma delas ferida no abdômen e outra na mão.

Ainda segundo a polícia, o autor dos tiros teve uma discussão, em plena festa, com a pessoa que foi atingida no abdômen. Ele, então, saiu da praça, foi até a residência, pegou a arma e voltou para o local, efetuando os disparos.

Samuel, morador do bairro da Liberdade, foi preso por equipes da 9ª DT/Boca do Rio, onde Márcio era lotado, e 5ª CIPM/Itaparica.

Leia mais:

Policial Civil é atingido por bala perdida e morre na Ilha de Itaparica

Notícias relacionadas