Polícia

Advogado diz que filho de Flordelis nega ter assassinado o pai

A delegada disse que a tese da defesa é negativa de autoria e prova não válida

[Advogado diz que filho de Flordelis nega ter assassinado o pai]
Foto : Claudio Andrade / Câmara dos Deputados

Por Adelia Felix no dia 26 de Junho de 2019 ⋅ 19:30

A defesa de Flávio dos Santos, filho da deputada federal Flordelis (PSD-RJ) e suspeito da morte do pastor Anderson do Carmo, negou que ele tenha confessado o assassinato do pai, disse que é inocente e negou que a arma encontrada no quarto dele fosse de sua propriedade. As informações são da Agência Brasil.

De acordo com a reportagem, o advogado Anderson Rollemberg esteve com Flávio no início da tarde desta quarta-feira (26), na Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG), e disse ter ouvido da delegada Barbara Lomba, que preside o inquérito, que Flávio será transferido até sexta-feira (28) para um presídio.

"Ele me disse 'doutor, sou inocente, preciso sair daqui porque estou com medo, estou temeroso da minha vida'. Ele disse para mim que não confessou. Se há uma confissão espontânea e voluntária, por qual motivo [a polícia] não deu direito dele procurar a assistência de um advogado?", disse Rollemberg, rebatendo a informação, divulgada pela delegada Barbara Lomba, de que seu cliente havia confessado o crime.

A autoridade policial disse que a tese da defesa é negativa de autoria e prova não válida, em referência à pistola encontrada sobre o guarda-roupas de Flávio. Segundo o defensor, a arma não é de seu cliente.

 

Notícias relacionadas