Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Lewandowski suspende requisição de seringas e agulhas feita por União

A decisão atendeu a um pedido do governo paulista, comandado por João Doria

[Lewandowski suspende requisição de seringas e agulhas feita por União]
Foto : Tomaz Silva/Agência Brasil

Por Metro1 no dia 08 de Janeiro de 2021 ⋅ 13:00

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski proibiu a União de requisitar seringas e agulhas contratadas pelo Estado de São Paulo para a vacinação contra a covid-19. A decisão, que ainda poderá ser analisada pelo plenário da corte, atendeu a um pedido do governo paulista, comandado por João Doria. 

"Defiro a cautelar, ad referendum do Plenário do Supremo Tribunal Federal, para impedir que a União requisite insumos contratados pelo Estado de São Paulo, cujos pagamentos já foram empenhados, destinados à execução do plano estadual de imunização", determinou Lewandowski.

Segundo o UOL, o governo federal está com dificuldades para comprar seringas e agulhas e, na segunda-feira, informou que requisitou os estoques paulistas. O estado de São Paulo, então, acionou o STF para impedir a tomada de insumos já comprados.

Notícias relacionadas