Domingo, 13 de junho de 2021

Política

Guedes diz que auxílio emergencial pode voltar para metade dos beneficiários

Benefício foi pago no ano passado a trabalhadores informais, devido à pandemia de Covid-19

Guedes diz que auxílio emergencial pode voltar para metade dos beneficiários

Foto: Edu Andrade/Ascom/ME

Por: Juliana Rodrigues no dia 05 de fevereiro de 2021 às 09:40

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou ontem (4) que metade dos beneficiários que receberam o auxílio emergencial em 2020 podem voltar a ter o benefício. A declaração foi dada durante pronunciamento no Ministério da Economia ao lado do recém-eleito presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

Segundo o ministro, a retomada do auxílio depende do acionamento de "cláusulas necessárias". "O auxílio emergencial, se nós dispararmos as cláusulas necessárias, dentro de um ambiente fiscal robusto, já mais focalizado – em vez de 64 milhões, pode ser a metade disso, porque a outra metade retorna para os programas sociais já existentes –, isso nós vamos nos entender rapidamente porque a situação do Brasil exige essa rapidez", disse.

O auxílio emergencial foi pago no ano passado a trabalhadores informais, devido à pandemia de Covid-19, em parcelas de R$ 600 e, depois, de R$ 300.

TV METRO

Entrevistas

Ana Cristina Batalha

Em 11 de junho de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
Guedes diz que auxílio emergencial pode voltar para metade dos beneficiários - Metro 1