Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

PEC Emergencial: fatiar votação e separar auxílio de contrapartidas é 'pior para todos', diz Tesouro

Texto viabiliza a prorrogação do auxílio emergencial

[PEC Emergencial: fatiar votação e separar auxílio de contrapartidas é 'pior para todos', diz Tesouro]
Foto : Arquivo/Agência Brasil

Por Luciana Freire no dia 25 de Fevereiro de 2021 ⋅ 20:00

O secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal, afirmou hoje (25) que um eventual fatiamento da chamada PEC emergencial, separando o auxílio emergencial das contrapartidas exigidas, é "pior para todos". Para Funchal, a medida pode criar "ambiente de incerteza".

O relator da proposta, senador Márcio Bittar (MDB-AC), incluiu no relatório a previsão de não haver mais a regra de investimento mínimo nas áreas de saúde e educação. Assim, parte dos líderes avalia que a PEC terá dificuldade de avançar, e alguns passaram a defender a votação fatiada da proposta.

O texto viabiliza a prorrogação do auxílio emergencial.

Notícias relacionadas

[Base de Bolsonaro age para minar CPI no Senado]
Política

Base de Bolsonaro age para minar CPI no Senado

Por Augusto Romeo no dia 13 de Abril de 2021 ⋅ 08:40 em Política

Aliados do governo preparam ofensiva, e ala do STF tenta maioria para que comissão só precise ser instalada após fim da pandemia