Domingo, 28 de novembro de 2021

Política

Conselho de Ética da Alesp livra de punição mais dura o deputado Fernando Cury, acusado de assédio

Parlamentar será afastado por 119 dias; dois integrantes do conselho renunciaram após resultado

Conselho de Ética da Alesp livra de punição mais dura o deputado Fernando Cury, acusado de assédio

Foto: Divulgação/ Alesp

Por: Luciana Freire no dia 05 de março de 2021 às 15:20

O Conselho de Ética da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou, na manhã de hoje (5), por cinco votos a quatro, um abrandamento de punição para Fernando Cury (Cidadania), acusado de assédio sexual por Isa Penna (PSOL).

Os aliados de Cury conseguiram maioria para livrá-lo da suspensão de seis meses proposta pelo relator do caso na última quarta (24). O parlamentar será afastado por 119 dias.

Antes do fim da sessão, dois membros do conselho, o relator Emídio de Souza (PT) e Barros Munhoz (PSB) anunciaram sua renúncia do colegiado, por não concordarem com o desfecho do caso.

Conselho de Ética da Alesp livra de punição mais dura o deputado Fernando Cury, acusado de assédio - Metro 1