Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

ʽEnfia no raboʼ, diz Eduardo Bolsonaro sobre uso de máscara contra covid-19

Declarações foram dadas no dia em que o presidente Jair Bolsonaro mudou o discurso e apareceu em público usando máscara

[ʽEnfia no raboʼ, diz Eduardo Bolsonaro sobre uso de máscara contra covid-19]
Foto : Divulgação

Por Juliana Rodrigues no dia 11 de Março de 2021 ⋅ 09:30

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) mandou a população brasileira enfiar as máscaras de proteção contra a covid-19 “no rabo”. Durante transmissão ao vivo no Instagram, o filho “03” de Bolsonaro, visivelmente irritado, criticou o uso do principal item de proteção contra a contaminação do vírus.

“Eu acho uma pena, né, (que) essa imprensa mequetrefe que a gente tem aqui no Brasil fique dando conta de cobrir apenas a máscara. 'Ah a máscara, está sem máscara, está com máscara'. Enfia no rabo gente, porra! A gente está lá trabalhando, ralando”, afirmou o deputado.

As declarações de Eduardo foram feitas no dia em que o presidente Jair Bolsonaro mudou o discurso, apareceu em público usando máscara e passou a defender as vacinas. Ontem (10), o Brasil atingiu mais um recorde de mortes: pela primeira vez foram registradas 2.349 mortes por covid-19 em 24 horas.

Enquanto seguia em um carro no banco de carona, o deputado comentou, ainda, o caso das rachadinhas de Fabrício Queiroz e a compra de uma mansão por seu irmão, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), no valor de R$ 6 milhões.

“Você, retardado mental, que fica falando ‘o problema são os filhos, cadê o Queiroz?’, pagou o apartamento R$ 50 mil em dinheiro. Seu animal, larga de ser um peão nesse tabuleiro de xadrez chamado política e começa a pensar um pouquinho, ver o perigo que está por vir e ver como o sistema trabalha porque não dá ponto sem nó, não. Fique com Deus e não consuma cachaça em excesso igual a uns e outros aí”, disse.

Notícias relacionadas