METROPOLE

Domingo, 09 de maio de 2021

Política

Crise da saúde em Manaus: MPF processa Pazuello e secretário do AM por improbidade

Procuradores afirmam que houve atraso e lentidão na resposta das autoridades

Crise da saúde em Manaus: MPF processa Pazuello e secretário do AM por improbidade

Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados

Por: Geovana Oliveira no dia 14 de abril de 2021 às 20:30

O Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas ingressou com uma ação de improbidade administrativa contra o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e o secretário estadual de Saúde do Amazonas, Marcellus Campelo, por omissão que levou ao colapso sanitário em Manaus. Outras quatro pessoas também foram processadas. 

A crise no sistema de saúde do Amazonas iniciou no dia 14 de janeiro deste ano, quando houve o registro de falta de oxigênio hospitalar em diversas unidades de saúde.

A investigação identificou atraso e lentidão como atos de improbidade. Os Procuradores afirmam que, mesmo sabendo da crise, tanto o Ministério da Saúde quanto a secretaria de saúde do Amazonas só procuraram outras fornecedoras de oxigênio após o colapso. Também foi pautada a pressão para as autoridades locais adotarem o "tratamento precoce". 

TV METRO

Entrevistas

Roberto Coelho

Em 07 de maio de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
Crise da saúde em Manaus: MPF processa Pazuello e secretário do AM por improbidade - Metro 1