Sábado, 31 de julho de 2021

Política

Bolsonaro precisa ser responsabilizado, diz líder de manifestações que pedem impeachment do presidente

Ato deste sábado é recado a Lira, não apoio a Lula, afirma Raimundo Bonfim, da Central de Movimentos Populares

Bolsonaro precisa ser responsabilizado, diz líder de manifestações que pedem  impeachment do presidente

Foto: Manuela Cavadas

Por: Metro1 no dia 19 de junho de 2021 às 07:50

Um dos líderes das manifestações contra Jair Bolsonaro neste sábado (19), o coordenador nacional da CMP (Central de Movimentos Populares), Raimundo Bonfim, 57, diz que o presidente precisa responder pela negligência no combate à pandemia e que o Brasil começa a viver um levante.

"Nós queremos também responsabilizar Bolsonaro pelo que ele não fez no passado", afirma o ativista em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, criticando a sabotagem do governo à imunização contra a Covid-19. O apelo por mais vacinas é uma das bandeiras dos atos que ocorrerão em mais de 400 cidades no Brasil e no exterior.

Outra demanda é o impeachment, pauta que Raimundo busca dissociar das eleições de 2022. Segundo ele, "é um erro" pensar que as mobilizações, capitaneadas por organizações e partidos de esquerda, sejam para desgastar Bolsonaro e favorecer o ex-presidente Lula (PT), que é pré-candidato.

A rua está mandando um recado para o Lira. Está dizendo: faltava esse elemento? Está aqui o elemento para instaurar o processo de impeachment", diz, em alusão aos pedidos de deposição de Bolsonaro parados nas gavetas do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).

Bonfim, que é filiado ao PT, está envolvido na organização dos atos desde o início e foi um dos que defenderam a convocação de manifestações na pandemia, desde que fossem tomados cuidados. Em consenso, organizações protestaram em 29 de maio e agora retornam às ruas.

A articulação está centralizada na Campanha Nacional Fora, Bolsonaro. O fórum é composto por frentes como a Povo sem Medo e a Brasil Popular, que por sua vez reúnem centenas de entidades, entre elas a CMP, o MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) e a UNE (União Nacional dos Estudantes).

Bolsonaro precisa ser responsabilizado, diz líder de manifestações que pedem impeachment do presidente - Metro 1