Quinta-feira, 09 de dezembro de 2021

Política

"Relatório da CPI está pronto há 2 meses. Teria que vazar mesmo", diz Renan Calheiros

Relator reagiu às críticas de outros senadores após imprensa divulgar detalhes de texto, cuja leitura foi adiada desta terça para quarta-feira

"Relatório da CPI está pronto há 2 meses. Teria que vazar mesmo", diz Renan Calheiros

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Por: Metro1 no dia 18 de outubro de 2021 às 12:39

O senador e relator da CPI da Covid, Renan Calheiros (MDB-AL), reagiu às críticas sobre o vazamento do relatório da comissão, fato que ocasionou adiamento da leitura do texto, que estava marcada para testa terça (19).

"Essa coisa de vazar, se vazou, por que vazou... Não dá para discutir isso no século 21. Um relatório que estava pronto há dois meses em alguns aspectos, como eu disse e repito. Teria que vazar mesmo", disse Renan Calheiros em entrevista à CNN Brasil.

"Tem 50 pessoas entre consultores, assessores de parlamentares, parlamentares envolvidas na discussão do relatório. A investigação foi pública em todos os momentos. As minhas posições são públicas", acrescentou.

Após divergências entre os senadores do grupo majoritário da CPI, chamado de G-7, o relatório da comissão, que está a cargo de Calheiros, agora será lido na quarta-feira (20). A sua votação também foi postergada: antes marcada para quarta-feira, agora ocorrerá no dia 26.

Ao Metro1, o senador Otto Alencar (PSD-BA) afirmou que o relatório final de Renan Calheiros precisará reunir elementos comprobatórios se de fato vier a enquadrar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pelo crime de genocídio —o que está entre as principais divergências do G7. Otto disse que também não teve acesso à minuta de mais de 1.200 páginas do documento.

"Relatório da CPI está pronto há 2 meses. Teria que vazar mesmo", diz Renan Calheiros - Metro 1