Terça-feira, 25 de janeiro de 2022

Política

Possível filiação de Roma 'obrigará' retirada de apoio a ACM Neto, dizem integrantes do PL

Nos bastidores, aposta é que ministro da Cidadania siga os passos de Bolsonaro e troque o Republicanos pela sigla de Valdemar Costa Neto

Possível filiação de Roma 'obrigará' retirada de apoio a ACM Neto, dizem integrantes do PL

Foto: Reprodução/Instagram

Por: Alexandre Santos no dia 26 de novembro de 2021 às 11:44

Uma possível filiação de João Roma ao PL obrigará a executiva estadual da legenda a apoiá-lo automaticamente, caso o hoje ministro da Cidadania dispute o Palácio de Ondina em 2022. A avaliação é feita internamente por integrantes do partido, presidido na Bahia por José Carlos Araújo.

Nos bastidores, a expectativa é a de que Roma siga os passos do presidente Jair Bolsonaro, que está de malas prontas para a sigla comandada por Valdemar Costa Neto. O eventual desembarque do ministro deve ocorrer sobretudo pelo fato de o presidente estadual da sigla, deputado federal Márcio Marinho, optar pelo nome de ACM Neto na corrida estadual.

Apesar de Araújo ter afirmado recentemente ao Metro1 que o ingresso de Bolsonaro no PL não interferiria no palanque estadual —onde o partido já estava apalavrado com o ex-prefeito—, Costa Neto deu a palavra a  Bolsonaro que romperia tal acordo.

Possível filiação de Roma 'obrigará' retirada de apoio a ACM Neto, dizem integrantes do PL - Metro 1