Terça-feira, 17 de maio de 2022

Política

Em namoro com o MDB, Vilas-Boas tenta atrair partido para a base de Rui

O médico cardiologista é considerado um potencial puxador de votos, pela boa relação no interior do estado, sobretudo nas entregas de policlínicas e hospitais regionais

Em namoro com o MDB, Vilas-Boas tenta atrair partido para a base de Rui

Foto: Reprodução

Por: André Uzêda e Chayenne Guerreiro no dia 27 de janeiro de 2022 às 18:30

Ex-secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas tem mantido conversas avançadas com o MDB, partido pelo qual deve se lançar candidato a deputado federal em outubro. Em contato com o Metro1, ele admitiu admitiu que "as conversas estão avançadas" com a legenda. Disse também que não abre mão de concorrer na chapa petista, que terá Jaques Wagner (PT) na disputa majoritária.

O governador Rui Costa (PT) tenta tirar o MDB da base de apoio de ACM Neto (DEM) e a participação de Vilas-Boas seria crucial nesta ação. O médico cardiologiata é considerado um potencial puxador de votos, pela boa relação no interior do estado, sobretudo nas entregas de policlínicas e hospitais regionais. Desta forma, seu ingresso na legenda fortaleceria o MDB, ao mesmo tempo que construiria uma ponte para integrar a coligação petista.

Embora bem avaliado, pesa contra o ex-secretário a sua saída lamentável da pasta, após ataques misóginos contra a chef de cozinha Angeluci Figueiredo. Em agosto do ano passado, Vilas-Boas viajou até a Ilha dos Frades e tentou ser atendido no Restaurante Preta. Em razão de uma tempestade e alerta de mau tempo, Angeluci não abriu o estabelecimento. Vilas-Boas, então, reagiu xingando-a de "vagabunda", em mensagem de texto. O episódio veio à tona e resultou na exoneração do ex-secretário. 

Em namoro com o MDB, Vilas-Boas tenta atrair partido para a base de Rui - Metro 1