Política

Castro volta ao Ministério da Saúde após ser exonerado para votar em Picciani

O ministro da Saúde, Marcelo Castro, reassumiu seu cargo na pasta, um dia após ser exonerado para exercer seu mandato como deputado federal e poder participar da eleição para líder do PMDB na Câmara dos Deputados. Sua nomeação foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (18).[Leia mais...]

[Castro volta ao Ministério da Saúde após ser exonerado para votar em Picciani]
Foto : Agência Brasil

Por Matheus Morais no dia 18 de Fevereiro de 2016 ⋅ 08:54

O ministro da Saúde, Marcelo Castro, reassumiu seu cargo na pasta, um dia após ser exonerado para exercer seu mandato como deputado federal e poder participar da eleição para líder do PMDB na Câmara dos Deputados. Sua nomeação foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (18). 

O ministro decidiu participar da votação do seu partido para apoiar o deputado federal Leonardo Picciani (PMDB-RJ), candidato do governo Dilma. Picciani venceu Hugo Motta por 37 votos a 30. Castro foi recebido por manifestantes que protestavam pelo fato do ministro deixar a pasta em meio ao surto do Zika Vírus. Um homem fantasiado de Aedes aegypti o abordou e papéis com imagens do mosquito foram jogados nele.

Notícias relacionadas

[Maia diz que Bolsonaro não tem coragem de demitir Mandetta ]
Política

Maia diz que Bolsonaro não tem coragem de demitir Mandetta

Por Luciana Freire no dia 03 de Abril de 2020 ⋅ 19:00 em Política

Para o presidente da Câmara uma eventual troca mudaria a política do Ministério da Saúde e significaria que Bolsonaro não acredita no que o ministro está fazendo