Política

"Vai ficar pior do que está", diz deputada Moema Gramacho sobre reforma política

"Nós estamos fazendo uma grande mobilização, não só os deputados, para que não deixe aprovar o 'distritão' e a manutenção do financiamento empresarial. Isso está como posição do relator", explicou

[
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Juliana Almirante no dia 18 de Maio de 2015 ⋅ 12:11

A deputada federal Moema Gramacho (PT) comentou, em participação à Rádio Metrópole, na manhã desta segunda-feira (18), que a proposta de reforma política, em discussão na Câmara Federal, pode acabar piorando a situação do sistema político. Mesmo sem consenso entre os parlamentares até agora, a comissão especial da Casa deve votar nesta terça-feira (19) o relatório do projeto, que prevê o "distritão" e um teto para financiamento privado de campanhas.

"Nós estamos fazendo uma grande mobilização, não só os deputados, para que não deixe aprovar o 'distritão' e a manutenção do financiamento empresarial. Isso está como posição do relator", explicou. Com a proposta de distritão, ganharia o cargo o candidato que obtiver a maior quantidade de votos do seu estado, independentemente do partido. "Estamos defendendo também a cota de mulheres, que não querem nem falar. Então essa reforma pode ser para piorar. Vai ficar pior do que o que está", avaliou a deputada. 

Notícias relacionadas

[Weintraub associa ação da Polícia Federal ao nazismo]
Política

Weintraub associa ação da Polícia Federal ao nazismo

Por Kamille Martinho no dia 29 de Maio de 2020 ⋅ 21:30 em Política

O ministro vem sendo continuamente repudiado por entidades e representantes da comunidade judaica por declarações que, segundo os judeus, banalizam o Holocausto