Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024

Política

Bruno Reis tem a obrigação de mandar o projeto do PDDU para Câmara em 2024, diz Muniz

Presidente da Câmara de Vereadores lembrou que o último PDDU foi sancionado em 2016, pelo então prefeito ACM Neto (União)

Bruno Reis tem a obrigação de mandar o projeto do PDDU para Câmara em 2024, diz Muniz

Foto: Divulgação/CMS

Por: Rodrigo Daniel Silva no dia 22 de novembro de 2023 às 08:12

O presidente da Câmara de Salvador, Carlos Muniz (PSDB), disse, em entrevista ao Metro1, que o prefeito Bruno Reis (União) tem a “obrigação por lei” de enviar a revisão do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) para a Casa Legislativa no próximo ano. 

Muniz lembrou que o último PDDU foi sancionado em 2016, pelo então prefeito ACM Neto (União). “Então, ele [Bruno Reis] tem a obrigação pela lei de mandar o projeto ano que vem, porque tem que ser revisado a cada oito anos”, afirmou o comandante da Câmara de Salvador.

O tucano ressaltou, entretanto, que dificilmente a Câmara de Vereador vai analisar a matéria em 2024, já que será um  ano eleitoral. “É um ano difícil porque a Câmara não tem a prioridade de votar um projeto como esse que tem que ser estudado. É um projeto que mexe com a vida do cidadão. Mexe em Salvador em tudo que você pensar”, acrescentou. 

Nos bastidores, aliados do prefeito ouvidos pelo Metro1 dizem que Bruno Reis quer deixar a revisão do PDDU para o eventual segundo mandato. A avaliação do gestor soteropolitano, segundo os aliados, é de que o setor imobiliário voltou a "bombar" na capital baiana após a pandemia da Covid-19.

O chefe do Palácio Thomé de Souza entende ainda que uma nova legislação poderá, então, fazer os investidores "tirarem o pé do acelerador". O entendimento é de que seria um "golpe de morte" no setor um novo regramento neste momento.