Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Segunda-feira, 04 de março de 2024

Política

Renan Calheiros critica presença de Lira e prefeito de Maceió no desfile da Beija-Flor

Senador diz que foliões "deliram na avenida" enquanto vítimas da Braskem estão abandonadas

Renan Calheiros critica presença de Lira e prefeito de Maceió no desfile da Beija-Flor

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil e Reprodução/Redes Sociais

Por: Metro1 no dia 12 de fevereiro de 2024 às 17:44

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) criticou a presença do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e do prefeito de Maceió (AL), João Henrique Caldas (PL), no desfile da Beija-Flor no domingo (11).

Calheiros compartilhou em suas redes sociais uma foto de Lira e JHC no Sambódromo Marquês de Sapucaí e afirmou que as vítimas da mineradora Braskem estão abandonadas. "Os foliões que coreografaram acordos ilegais deliram na avenida, inebriados pelo dinheiro público", declarou o senador.

Para ele, a prefeitura de Maceió "torrou" R$ 8 milhões no Rio de Janeiro ao patrocinar o desfile da Beija-Flor. Calheiros chamou a atitude de desumana e cruel e disse que "merece nota zero em todos os quesitos".

Em dezembro, o governo federal decretou emergência em Maceió por causa do afundamento do solo em cinco bairros da cidade. Ao todo, o desastre ambiental afetou aproximadamente 40.000 pessoas – que foram realocadas – e 14.000 imóveis, todos hoje desocupados. A Braskem é a empresa responsável pelo desastre ambiental em Maceió. A mineradora foi condenada a pagar R$ 1,5 bilhão em indenizações às vítimas. A empresa recorreu da decisão.