Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Quarta-feira, 17 de abril de 2024

Política

Expectativa do MDB é eleger de 30 a 50 prefeitos e brigar pelo terceiro lugar, diz Lúcio Vieira Lima

Cacique do partido projeta estimativa de vitória em prefeituras baianas

Expectativa do MDB é eleger de 30 a 50 prefeitos e brigar pelo terceiro lugar, diz Lúcio Vieira Lima

Foto: Matheus Simoni / Metropress

Por: Jairo Costa Jr. no dia 16 de fevereiro de 2024 às 15:32

Um dos principais caciques do MDB baiano, o deputado federal Lúcio Vieira Lima aposta que o partido elegerá de 30 a 50 prefeitos na sucessão municipal deste ano. "Nossa expectativa é brigar pela terceira colocação entre as legendas que vão vencer no maior número de cidades, atrás do PSD e PT", afirmou o emedebista ao Metro1.

Para Lúcio, a sigla tem candidatos competitivos em cidades grandes como Salvador (Geraldo Júnior, vice-governador do estado) e Vitória da Conquista (Lúcia Rocha, vereadora) e em dezenas de municípios médios ou pequenos. Entre os quais, Serrinha, Itapetinga, Xique-Xique, Ibirataia, Wenceslau Guimarães, Presidente Dutra, Vera Cruz, Mutuípe e Ubaitaba, onde o líder do partido considera ter maiores chances no atual cenário.

O bom desempenho nas eleições de outubro é fundamental para os planos do MDB de retomar o destaque que tinha na política baiana no início dos anos  2010, quando chegou à sucessão estadual catapultado pelos mais de 100 prefeitos eleitos ou reeleitos em 2008. Incluindo o de Salvador, João Henrique, à época filiado ao então PMDB. 

Atualmente, o MDB soma 13 prefeitos. Boa parte da má-fase do MDB ocorreu durante o período em que firmou aliança com o grupo político ligado ao DEM, que se fundiu ao PSL para formar o União Brasil. Na corrida pelo governo do estado em 2022, o partido deixou a aliança, fechou acordo para apoiar a candidatura do governador Jerônimo Rodrigues (PT) e ganhou a vaga de vice na chapa encabeçada pelo petista, reeditando a dobradinha que garantiu em 2006 a primeira vitória de Jaques Wagner ao governo baiano.