Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Domingo, 21 de abril de 2024

Home

/

Notícias

/

Política

/

Diplomata brasileira diz em Haia que ocupação de territórios palestinos por Israel não pode ser aceita

Política

Diplomata brasileira diz em Haia que ocupação de territórios palestinos por Israel não pode ser aceita

A declaração foi feita na Corte Internacional de Justiça (CIJ), em Haia, na Holanda, o maior tribunal de justiça das Nações Unidas

Diplomata brasileira diz em Haia que ocupação de territórios palestinos por Israel não pode ser aceita

Foto: Reprodução/Redes sociais

Por: Metro1 no dia 20 de fevereiro de 2024 às 15:16

A diplomata Maria Clara de Paula Tusco, representante do governo brasileiro, afirmou nesta terça-feira (20) que "não pode ser normalizada" pela comunidade internacional a ocupação por Israel de territórios na Palestina. A declaração foi feita na Corte Internacional de Justiça (CIJ), em Haia, na Holanda, o maior tribunal de justiça das Nações Unidas.

De acordo com Tusco, a ocupação é uma violação ao direito internacional. "A ocupação de Israel dos Territórios Palestinos, persistente desde 1967 em violação ao direito internacional e a numerosas resoluções da Assembleia Geral da ONU e do Conselho de Segurança, não pode ser aceita, muito menos normalizada pela comunidade internacional", disse a diplomata.

"Os eventos trágicos dessa data e as operações militares desproporcionais e indiscriminadas que se seguiram, no entanto, deixam claro que a mera gestão do conflito não pode ser considerada uma opção, e uma solução de dois estados, com um Estado palestino economicamente viável convivendo ao lado de Israel, é a única maneira de proporcionar paz e segurança para Israel e os palestinos", acrescentou. 

A Corte Internacional realiza uma série de audiências históricas para que 52 Estados defenderam suas posições sobre os 56 anos de ocupação israelense dos territórios palestinos e sobre as consequências do conflito.