Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sexta-feira, 12 de abril de 2024

Política

Bolsonaro e outras 22 pessoas apontadas em investigação sobre golpe devem prestar depoimento nesta quinta

A defesa do ex-presidente tentou adiar o depoimento, mas o pedido foi negado pelo ministro Alexandre de Moraes

Bolsonaro e outras 22 pessoas apontadas em investigação sobre golpe devem prestar depoimento nesta quinta

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Por: Metro1 no dia 22 de fevereiro de 2024 às 09:31

Atualizado: no dia 22 de fevereiro de 2024 às 09:37

Vinte três pessoas apontadas nas investigações sobre o suposto plano golpista têm depoimentos à Polícia Federal marcados para esta quinta-feira (22). Entre eles, está o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

A defesa do ex-presidente tentou adiar o depoimento, alegando que ainda não tinha acesso integral às provas no processo. O ministro Alexandre de Moraes, da Suprema Corte, negou o pedido, afirmando que os autos já foram apresentados para a defesa. Com a negativa de Moraes, Bolsonaro deve comparecer ao depoimento, mas pretende se manter em silêncio.

A Polícia Federal investiga se auxiliares e aliados do governo Bolsonaro discutiram o plano descrito na “minuta do golpe” encontrada pela força policial. A investigação é baseada nos materiais e informações fornecidos no acordo de delação premiada do ex-ajudante de ordens Mauro Cid.

Segundo a CNN Brasil, os depoimentos começarão a partir das 14h30 e devem acontecer em Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Mato Grosso do Sul e Ceará. A PF determinou que 13 pessoas intimadas, inclusive Bolsonaro, vão prestar depoimento em Brasília, presencialmente e ao mesmo tempo, como forma de evitar que as versões dos fatos sejam combinadas ou distorcidas. 

Confira nomes convocados a prestar depoimento:

  • Ex-presidente Jair Bolsonaro 
  • Ex-ministro do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno
  • Ex-ministro da Justiça, Anderson Torres
  • Coronel do Exército, Marcelo Costa Câmara
  • Ex-ministro substituto da Secretaria-Geral da Presidência, Mário Fernandes
  • Ex-assessor de Bolsonaro, Tércio Arnaud 
  • Ex-comandante geral da Marinha, Almir Garnier 
  • Presidente do PL, Valdemar Costa Neto 
  • Ex-ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira 
  • Coronel do Exército, Cleverson Ney Magalhães 
  • Ex-candidato a vice na chapa de Bolsonaro, Walter Souza Braga Netto 
  • Coronel do Exército, Bernardo Romão Correia Neto 
  • Oficial do Exército, Ronald Ferreira de Araújo Junior