Política

Marco Aurélio diz que impeachment sem respaldo jurídico "transparece como golpe"

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio disse nesta quarta-feira (30) que o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff pode "transparecer como golpe" caso não seja identificado fato jurídico para justificar o impedimento. Em conversa com jornalistas em Brasília, momentos antes da sessão no Supremo, Marco Aurélio afirmou que o afastamento de Dilma não vai resolver a crise política instalada no país. [Leia mais...]

[Marco Aurélio diz que impeachment sem respaldo jurídico
Foto : Carlos Humberto/STO/STF

Por Matheus Simoni no dia 30 de Março de 2016 ⋅ 17:15

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio disse nesta quarta-feira (30) que o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff pode "transparecer como golpe" caso não seja identificado fato jurídico para justificar o impedimento. Em conversa com jornalistas em Brasília, momentos antes da sessão no Supremo, Marco Aurélio afirmou que o afastamento de Dilma não vai resolver a crise política instalada no país.

"Acertada a premissa, ela tem toda razão. Se não houver fato jurídico que respalde o processo de impedimento, esse processo não se enquadra em figurino legal e transparece como golpe. Agora, precisamos aguardar o funcionamento das instituições. Precisamos nesta hora é de temperança. Precisamos guardar princípios e valores e precisamos ter uma visão prognostica", disse o ministro.

"Nós não teremos a solução e o afastamento das mazelas do Brasil apeando a presidenta da República. O que nós precisamos, na verdade, é de entendimento, de compreensão e de visão nacional", argumentou. 

Notícias relacionadas

[Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos]
Política

Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Setembro de 2019 ⋅ 10:40 em Política

Nova provocação entre os potenciais adversários nas eleições presidenciais de 2022 acontece em meio ao anúncio de investimentos da montadora Toyota em São Paulo