Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Terça-feira, 28 de maio de 2024

Home

/

Notícias

/

Política

/

MPF acusa responsáveis pela morte de Marighella

Política

MPF acusa responsáveis pela morte de Marighella

Procurador denuncia assassinos do comunista Marighella.

MPF acusa responsáveis pela morte de Marighella

Foto: Arquivo

Por: Metro1 no dia 15 de maio de 2024 às 12:59

O jornalista Marcelo Godoy teve acesso à denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra quatro policiais e um médico-legista envolvidos na morte de Carlos Marighella.

Segundo o procurador da República Andrey Borges de Mendonça, que assina a denúncia, o homicídio de Marighella teria sido cometido “por motivo torpe”, para manter “a preservação do poder usurpado em 1964 mediante violência e uso do aparato estatal para reprimir e eliminar opositores do regime e garantir a impunidade de homicídios, torturas, sequestros e ocultação de cadáveres”.

Os defensores dos cinco envolvidos na morte de Marighella pedem pela Lei de Anistia, “ampla, geral e irrestrita” a quem cometeu crimes políticos de ambos os lados, para tentar inocentar os clientes da denúncia.

Carlos Marighella foi morto em uma emboscada na Alameda Casa Branca, em São Paulo, em 4 de novembro de 1969. O ativista  entrou em um Fusca acreditando que encontraria dois frades dominicanos que eram seus amigos, mas assassinado a tiros. Os frades serviram de isca depois e posteriormente foram capturados e torturados pela repressão.