Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Segunda-feira, 24 de junho de 2024

Home

/

Notícias

/

Política

/

TSE multa Flávio Bolsonaro, Carla Zambelli e outros por compartilharem vídeo que associa Lula ao satanismo

Política

TSE multa Flávio Bolsonaro, Carla Zambelli e outros por compartilharem vídeo que associa Lula ao satanismo

No vídeo há frases como “cristão vota em Bolsonaro. Satanista vota na esquerda”, conforme o processo

TSE multa Flávio Bolsonaro, Carla Zambelli e outros por compartilharem vídeo que associa Lula ao satanismo

Foto: Reprodução/TSE

Por: Metro1 no dia 23 de maio de 2024 às 16:10

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) multou em R$ 30.000 congressistas que apoiaram o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) pela repercussão de um vídeo, publicado no TikTok, associando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) a ideologias satânicas. O conteúdo foi postado durante as eleições presidenciais de 2022.

No vídeo há frases como “cristão vota em Bolsonaro. Satanista vota na esquerda”, conforme o processo. A conta do autor do vídeo tem quase 1 milhão de seguidores, Victor Stavale diz ser “satanista” e afirmava que apoiaria Lula nas eleições presidenciais. 

Foram multados os senadores Flávio Bolsonaro (PL-RJ) e Cleitinho (Republicanos-MG), e os deputados Gustavo Gayer (PL-GO) e Carla Zambelli (PL-SP). Também foram penalizados no mesmo valor Bernando Kurster, blogueiro de direita, e o músico Roger Moreira, da banda Ultraje a Rigor.

A Corte Eleitoral também multou o criador do vídeo, Victor Stavale, e os influenciadores Leandro Ruschel e Barbara Zambaldi em R$ 5.000. O voto do ministro Floriano de Azevedo Marques, que divergiu do relator, ministro Raul Araújo, para multar todos os envolvidos na disseminação do vídeo.