Política

Requião critica PT e diz que retorno de Dilma significa "unidade nacional"

Defensor do retorno da presidente afastada Dilma Rousseff (PT) ao poder, o senador Roberto Requião (PMDB) criticou o Partido dos Trabalhadores e falou em "unidade nacional" com a não aprovação do impeachment no Senado. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação

Por Gabriel Nascimento no dia 30 de Agosto de 2016 ⋅ 09:42

Defensor do retorno da presidente afastada Dilma Rousseff (PT) ao poder, o senador Roberto Requião (PMDB) criticou o Partido dos Trabalhadores e falou no estabelecimento de uma "unidade nacional" com a não aprovação do impeachment no Senado. Em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta terça-feira (30), o peemedebista afirmou que as atenções estão voltadas ao plebiscito. "Temos um compromisso que é o plebiscito. A Dilma pode viabilizar um governo de unidade nacional, sem ódio no coração. Pode fazer um governo de recuperação", disse.

Sobre o PT, o senador não poupou críticas. "O PT gosta mais de lotear cargos e do poder, isso não é a posição de Dilma. Com toda mídia trabalhando a favor do sistema geopolítico dos Estados Unidos. Não sei qual seria o resultado de uma eleição direta. Esses liberais de merda querem instituir a economia liberal", finalizou.

 

Notícias relacionadas

[Aras nomeia nova chefe da Lava Jato ]
Política

Aras nomeia nova chefe da Lava Jato

Por Lara Curcino no dia 24 de Janeiro de 2020 ⋅ 11:03 em Política

Lindora Maria Araújo assume lugar de José Adonis Callou de Araújo Sá, que pediu demissão por divergências com o PGR