Política

Geddel diz que Dilma Rousseff vai ser esquecida em dois dias

O ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, respondeu às críticas da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) após o impeachment. Segundo o peemedebista, a petista vai "ser esquecida em dois dias" e ela "é página virada" da política brasileira. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Matheus Morais no dia 01 de Setembro de 2016 ⋅ 07:37

O ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, respondeu às críticas da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) após o impeachment. Segundo o peemedebista, a petista vai "ser esquecida em dois dias" e ela "é página virada" da política brasileira. Geddel foi escalado para responder diretamente a ex-presidente, que, em entrevista no Palácio da Alvorada, logo depois da decisão do Senado de cassar seu mandato, afirmou que "haverá contra eles [Temer e seus aliados] a mais firme, incansável e enérgica oposição que um governo golpista pode sofrer". 

Ainda de acordo com Geddel Vieira Lima, "Dilma não entendeu o gesto de piedade que os senadores tiveram com ela". Acrescentou que a ex-presidente "precisa parar de chamar nosso governo de golpista, porque, ofensa pior, é ser chamado de petista".

Em reunião ministerial,  o próprio presidente Michel Temer criticou os que consideram seu governo "golpista" e afirmou que, a partir de agora, nenhuma "ofensa ficará sem resposta". 

Notícias relacionadas

[Coaf: Cajado diz que votaria contra orientação do PP]
Política

Coaf: Cajado diz que votaria contra orientação do PP

Por Alexandre Galvão no dia 24 de Maio de 2019 ⋅ 15:20 em Política

Cajado chegou ao PP pouco antes da eleição do ano passado. Filiado desde sempre ao DEM, deixou a legenda após o prefeito de Salvador, ACM Neto, desistir de disputar o gov...