Política

Cunha vai dizer em livro que processo de impeachment foi golpe, afirma coluna

Segundo o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB) vai dizer em seu livro que o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff foi um "golpe parlamentar". [Leia

[Imagem not found]
Foto : Agência Brasil

Por Matheus Morais no dia 25 de Setembro de 2016 ⋅ 13:30

Segundo o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), vai dizer em seu livro que o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff foi um "golpe parlamentar".

Cunha já tinha dito que não faria delação, contando os detalhes do processo de impedimento da presidente somente através da publicação, que tem previsão de lançamento até dezembro.  O ex-deputado cassado sustentará, no entanto, que foi exatamente o que aconteceu com Fernando Collor, em 1992 — um "golpe parlamentar", mas com o apoio incondicional do PT. Conforme o colunista, o objetivo do livro é fustigar o governo Temer. 

Notícias relacionadas