Política

Imbassahy minimiza impacto da vitória de Trump: "Não é motivo para pânico"

O líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Antonio Imbassahy, afirmou em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta quarta-feira (9), que ficou surpreso com a eleição de Donald Trump para presidente dos Estados Unidos. [

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/ PSDB

Por Matheus Morais no dia 09 de Novembro de 2016 ⋅ 09:58

O líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Antonio Imbassahy, afirmou em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta quarta-feira (9), que ficou surpreso com a eleição de Donald Trump para presidente dos Estados Unidos. Segundo o tucano, a expectativa era que a candidata democrata Hillary Clinton vencesse o pleito americano. "Uma coisa é o Trump como candidato, outra é depois de eleito, principalmente nos Estados Unidos, que tem uma super estrutura e estabilidade, claro que o poder do presidente dos Estados Unidos é uma coisa inimaginável. Os Estados Unidos é um país capitalista e o que vale são os interesses econômicos.Eu acho que num primeiro momento causa um grande impacto, mas depois de eleito, as coisas modificam muito. Não é motivo para tanto pânico. É até normal as bolsas cairem", ressaltou. 

"Acho que não muda muito, as coisas vão acontecer com normalidade. A torcida era de confiança com a vitória de Hillary. Veja essa coisa de pesquisa, lá os institutos são tidos como modernos erraram. É difícil concluir, mas de qualquer sorte, o Trump falava do sonho americano, de ser bilionário, de competir, ganhar dinheiro, ter uma vida luxuosa. Ele foi autêntico ao dizer coisas que o americano não concordava, mas admirava por ele falar. Um cara que chegou onde ele chegou é uma situação inédita, ninguém levava a sério", afirmou. 

Notícias relacionadas