Política

Rui afirma que ainda não teve ajuda do ministro Imbassahy: “Espero”

Antônio Imbassahy foi nomeado ministro da Secretaria de Governo de Michel Temer no dia 2 de fevereiro. Porém, mais de 15 dias depois, segundo o governador Rui Costa, a estado ainda não teve a ajuda do ministro baiano [Leia mais...]

[Rui afirma que ainda não teve ajuda do ministro Imbassahy: “Espero”]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Bárbara Silveira e Gabriel Nascimento no dia 17 de Fevereiro de 2017 ⋅ 08:38

Antônio Imbassahy foi nomeado ministro da Secretaria de Governo de Michel Temer no dia 2 de fevereiro. Porém, mais de 15 dias depois, segundo o governador Rui Costa, a estado ainda não teve a ajuda do ministro baiano.
“Até agora, não. Espero que possa vir a ajudar, afinal ele é baiano. Essa coisa do empréstimo não é só com a Bahia, é com todos e isso é um erro”, disse em entrevista a Mário Kertész nesta sexta-feira (17).

O governador disse ainda que a sua maior crítica ao governo federal é a falta de liberação de recursos para estradas baianas. “Não consigo entender, a pior coisa quando você tá em uma crise é tomar medidas genéricas e duras para todo mundo, mesmo para aqueles que estão com vitalidade de indicadores. Temos alguns estados brasileiros que tem capacidade de financiar sua infraestrutura. Contrair até R$ 4 bilhões em empréstimos e o Ministério da Fazenda não acena. Prometeu que ia assinar, Meirelles, mas até agora não assinou”, cobrou. 

 

Notícias relacionadas

[Reforma administrativa está pronta, diz Bolsonaro]
Política

Reforma administrativa está pronta, diz Bolsonaro

Por Luciana Freire no dia 22 de Fevereiro de 2020 ⋅ 18:00 em Política

Em entrevista à equipe de televisão, no Guarujá, onde passa o carnaval, Bolsonaro afirmou que o texto será entregue após o carnaval

[Bolsonaro anuncia demissão de toda a diretoria do Inmetro]
Política

Bolsonaro anuncia demissão de toda a diretoria do Inmetro

Por Luciana Freire no dia 22 de Fevereiro de 2020 ⋅ 16:00 em Política

“Implodi o Inmetro. Implodi. Mandei todo mundo embora”, afirmou o presidente na porta de um supermercado no Guarujá, onde passa o feriado de carnaval