Política

Deputado diz que Neto "faz pirataria política" ao tentar assumir obra do metrô

Ainda em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta quinta-feira (16), o deputado federal Afonso Florence (PT) criticou o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), e uma possível tentativa do democrata de assumir a "paternidade" do metrô soteropolitano. [Leia mais...]

[Deputado diz que Neto
Foto : Secom/ Governo da Bahia

Por Matheus Morais e Gabriel Nascimento no dia 16 de Março de 2017 ⋅ 10:51

Ainda em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta quinta-feira (16), o deputado federal Afonso Florence (PT) criticou o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), e uma possível tentativa do democrata de assumir a "paternidade" do metrô soteropolitano.

"Ninguém pode tirar o mérito de [Antonio] Imbassahy ter feito campanha anunciando o metrô em 1996. É óbvio, todo mundo sabe, há fortes acusações de desvio de dinheiro do metrô, mas isso está na gaveta, é uma dívida do Ministério Público, e a obra ficou mais de 10 anos  paralisada. Quando a obra foi transferida para o governo de [Jaques] Wagner e Rui Costa na coordenação da Casa Civil, houve a contratação de um empréstimo do governo do estado, é uma Parceria-Público Privada. O metrô está rodando e os recursos mais volumosos de empréstimo são do governo estadual", disse. 

"Quem está fazendo investimentos é o governador Rui Costa, como fez a [Avenida] Orlando Gomes, a [Avenida] Pinto de Aguiar, como Wagner fez a Via Expressa, o Anel Dois de Julho. As obras estruturantes em Salvador vieram sendo feitas com o governo de Lula e Dilma, agora o metrô está sendo feitos com recursos do governo do estado", completou. 

Para o petista, o governo de ACM Neto faz "pirataria política". "Ninguém tem dúvida, há uma competência do governo ACM de tentar transformar em imagem uma obra que é do governo do estado. [O governo de ACM] É um governo que faz pirataria política, pirateia, porque capitaliza a obra do outro. Mas, fato é que o governo que governa Salvador, na prática, é um fracasso. Faz baia de onibus e tenta dizer que obra do governo é da prefeitura", rechaçou.

Notícias relacionadas

[PSL deve suspender Eduardo Bolsonaro por críticas ao partido]
Política

PSL deve suspender Eduardo Bolsonaro por críticas ao partido

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Outubro de 2019 ⋅ 09:00 em Política

“Precisamos salvar o Brasil dos filhos do presidente”, disse o deputado Júnior Bozzella (SP), que é um dos principais porta-vozes do presidente da sigla, Luciano Bivar