Política

Vereadora questiona entraves do Centro de Convenções: 'Dificuldade política'

Uma audiência pública na Câmara de Vereadores de Salvador vai discutir a situação do Centro de Convenções da Bahia, nesta quarta-feira (22). Segundo a vereadora Aladilce Souza (PCdoB) o encontro será importante para debater propostas e avançar no planejamento. [Leia mais...]

[Vereadora questiona entraves do Centro de Convenções: 'Dificuldade política']
Foto : Mateus Morais / Metropress

Por Laura Lorenzo e Matheus Morais no dia 21 de Março de 2017 ⋅ 16:15

Uma audiência pública na Câmara de Vereadores de Salvador vai discutir a situação do Centro de Convenções da Bahia, nesta quarta-feira (22). Segundo a vereadora Aladilce Souza (PCdoB) o encontro será importante para debater propostas e avançar no planejamento. 

"A gente precisa realmente avançar. Nós vamos participar da audiência e eu espero que a gente saia de lá com boas propostas para encaminharmos e rapidamente estabelecermos o equipamento que a cidade merece", afirmou

Aladilce falou ainda sobre os supostos impedimentos, que não permitiriam que a construção do novo Centro de Convenções fosse realizada na região do Comércio, e salientou a importância da audiência para esclarecer o assunto. "Ouvimos alguns comentários sobre isso, eu espero inclusive que essa audiência esclareça quais são esses entraves. Se é alguma dificuldade política ou se tem realmente algum fundamento esse impedimento e essa dificuldade que está sendo ventilada pela bancada do governo", questionou a vereadora

A parlamentar defendeu ainda a instalação do Centro no local: "Ali Realmente é uma localização adequada. Nós podemos ter em outro lugar. Eu acho que Salvador precisa de mais de um centro de convenções, mas ali é importante, porque esta próximo do porto, tem vias de acesso fácil. Espero que a gente consiga superar qualquer dificuldade", completou.  

Notícias relacionadas

['Bolsonaro atira pelas costas nos seus soldados', diz Bebianno]
Política

'Bolsonaro atira pelas costas nos seus soldados', diz Bebianno

Por Juliana Rodrigues no dia 19 de Agosto de 2019 ⋅ 12:20 em Política

Em entrevista ao Estadão, ex-ministro também disse acreditar que indicação de Eduardo Bolsonaro como embaixador serve para atender a um "capricho" do filho do presidente