Política

Dilma lembra importância de Eliana Kertész: "Mulher de muitos talentos"

A ex-presidente Dilma Rousseff lamentou a morte da artista plástica Eliana Kertész. Em mensagem enviada à família, a petista relembrou a importância política e cultural de Eliana para o país [Leia mais...]

[Dilma lembra importância de Eliana Kertész:
Foto : Roberto Stuckert Filho/ PR

Por Bárbara Silveira no dia 28 de Março de 2017 ⋅ 12:29

A ex-presidente Dilma Rousseff lamentou nesta terça-feira (28) a morte da artista plástica Eliana Kertész. Em mensagem enviada à família, a petista relembrou a importância política e cultural de Eliana para o país. “Mulher de muitos talentos, ela marcou sua trajetória como excepcional artista plástica pelos trabalhos em que enaltece a beleza das mulheres na sua diversidade. Afirmou seu compromisso com a cidadania e a democracia ao atuar como gestora da área cultural em sua cidade, Salvador”, escreveu Dilma.

A ex-presidente ressaltou ainda a representatividade das obras de Eliana. “Reafirmo aqui, como sua admiradora, o que disse na exposição realizada no Palácio do Planalto nas comemorações do 8 de março de 2013. As 'Gordinhas' trazem a alma das mulheres brasileiras, são lânguidas, mas demonstram alegria e imensa felicidade", completou.

Em 2014, a mostra "Mulheres do Brasil", de Eliana, foi exposta no Palácio da Alvorada. À época, Dilma exaltou a genialidade de Eliana e sua capacidade de revelar as nuances da cultura tropical. "Nas curvas das esculturas de Eliana, há a alma da mulher brasileira. O padrão de beleza que ela mostra nos envolve e nos cativa", declarou a então presidente. 

Confira a carta na íntegra:

Estimado amigo Mário Kertész, filhas e filhos de Eliana,
 
Com enorme pesar, e com a certeza de ter conhecido uma das mais sensíveis artistas do nosso tempo, manifesto minha solidariedade pela perda de nossa querida Eliana Kertész, neste domingo. 

Mulher de muitos talentos, Eliana Kertész marcou sua trajetória como excepcional artista plástica pelos trabalhos em que enaltece a beleza das mulheres na sua diversidade. Afirmou seu compromisso com a cidadania e a democracia ao atuar como gestora da área cultural em sua cidade, Salvador. 

Reafirmo aqui, como sua admiradora, o que disse na exposição realizada no Palácio do Planalto nas comemorações do 8 de março de 2013. As “Gordinhas” trazem a alma das mulheres brasileiras, são lânguidas, mas demonstram alegria e imensa felicidade.

Minha homenagem à Eliana, minha tristeza e solidariedade a você Mário, à Duda, Mariana, Marcelo, Francisco e Sérgio. Ela e sua arte nos farão muita falta.

DILMA ROUSSEFF

Notícias relacionadas