Política

Ministro diz que TST é \'laboratório do PT e reúne membros da CUT\'

Nesta segunda-feira (3), o presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes declarou que o Tribunal Superior do Trabalho (TST) é um \'laboratório do Partido dos Trabalhadores (PT)\' e reúne simpatizantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT). [Leia mais...]

[Ministro diz que TST é \'laboratório do PT e reúne membros da CUT\']
Foto : Reprodução/STF

Por Yasmin Garrido no dia 03 de Abril de 2017 ⋅ 19:31

Nesta segunda-feira (3), o presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes declarou que o Tribunal Superior do Trabalho (TST) é um \'laboratório do Partido dos Trabalhadores (PT)\' e reúne simpatizantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Durante evento em São José dos Campos, o ministro falou sobre a composição dos tribunais e criticou o TST. “O TST foi o laboratório do PT, foi onde deu certo. E o aparelhamento foi exitoso exatamente no âmbito do TST. Hoje, o tribunal é composto por muitos simpatizantes que foram indicados pela CUT. E nós temos um direito do trabalho engessado. O país tem 13 milhões de desempregados e com um sistema inflexível”, afirmou.

O ministro ainda comparou o processo de escolha dos minsitro do STF com o que acontece no TST. De acordo com ele, enquanto o supremo faz um exame minucioso da vida de seus ministro antes de eles ingressarem no órgão, o tribunal trabalhista dispensa o procedimento. “A sociedade não fiscalizou o provimento de vagas no sistema do TST”, disse.

Notícias relacionadas