Política

Sérgio Moro \'cumpre seu papel como um integrante do Judiciário\', diz Michel Temer

Questionado sobre a Operação Lava Jato e seus desdobramentos, o presidente Michel Temer (PMDB) falou, durante entrevista à rede TVE, da Espanha, veiculada neste sábado (22), que o juiz federal Sérgio Moro 'cumpre seu papel' como um integrante do Judiciário. Sobre as delações premiadas, ele contou ainda que não poderia fazer considerações negativas, porque isso poderia ser entendido como uma vontade de 'acabar com a Lava Jato'. [Leia mais...]

[Sérgio Moro \'cumpre seu papel como um integrante do Judiciário\', diz Michel Temer ]
Foto : Agência Brasil

Por Jessica Galvão no dia 22 de Abril de 2017 ⋅ 17:01

Questionado sobre a Operação Lava Jato e seus desdobramentos, o presidente Michel Temer (PMDB) falou, durante entrevista à rede TVE, da Espanha, veiculada neste sábado (22), que o juiz federal Sérgio Moro 'cumpre seu papel' como um integrante do Judiciário. Sobre as delações premiadas, ele contou ainda que não poderia fazer considerações negativas, porque isso poderia ser entendido como uma vontade de 'acabar com a Lava Jato'.

'[Moro] Cumpre o seu papel como membro do Poder Judiciário, como devem fazer todos que o compõem. Creio que ele cumpre o seu papel adequadamente. Qualquer consideração negativa que eu faça sobre a delação será prejudicial, porque podem entender que queremos acabar com a Lava Jato', disse o presidente.

Quando o assunto foi a lista do ministro Édson Fachin, Temer concordou com a afirmação de que é 'triste ver quase 80 senadores e deputados investigados' em inquéritos autorizados pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

'Sim, me parece [triste], não posso dizer outra coisa. Mas em relação a essas investigações, tem de se esperar que o Poder Judiciário condene ou absolva essas pessoas', falou o peemedebista. Sobre as delações dos executivos da Odebrecht, o presidente disse que o país não vai parar por conta das denúncias. 'Não será a corrupção que poderá parar esse país', falou.

Notícias relacionadas