Política

'Não vamos mais ceder na reforma da Previdência', diz Rodrigo Maia

Mesmo com a pressão de diversas categorias e da oposição, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse ao Broadcast Político que o governo não vai mais 'ceder' na reforma da Previdência. [Leia mais...]

['Não vamos mais ceder na reforma da Previdência', diz Rodrigo Maia]
Foto :Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

Por Laura Lorenzo no dia 23 de Abril de 2017 ⋅ 18:44

Mesmo com a pressão de diversas categorias e da oposição, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse ao Broadcast Político que o governo não vai mais 'ceder' na reforma da Previdência. Segundo ele, o parecer apresentado pelo relator da proposta, deputado Arthur Maia (PPS-BA), na semana passada, não vai passar por novas alterações para atender pedidos de categorias, como a dos servidores públicos.

'Não haverá mais mudança no texto do relator. Não vamos mais ceder. Vamos com esse texto para ganhar ou perder', afirmou. Para Maia, 'qualquer novo recuo é demagógico e irresponsável'. 'Temos responsabilidade com o Brasil e com as futuras gerações. Quebraram o Brasil. Não queremos que os aposentados do INSS e servidores federais passem pelo drama dos servidores do Estado do Rio', disse.

Maia admitiu que o governo ainda não tem os 308 votos mínimos necessários para aprovar no plenário a reforma, mas disse acreditar que, no dia da votação, o texto passe. 'Hoje perdemos, mas, a partir de maio, já estaremos com 330 votos', afirmou.

Notícias relacionadas