Política

“Geddel tem tudo para ser preso em Curitiba junto com Cunha”, opina Cantanhêde

Jornalista especializada em política e colunista do Estadão, Eliane Cantanhêde conversou com Mário Kertész, na manhã desta quarta-feira (6), sobre a situação do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) após a Polícia Federal encontrar R$ 51 milhões escondidos em um apartamento supostamente usado por Geddel, em Salvador [Leia mais...]

[“Geddel tem tudo para ser preso em Curitiba junto com Cunha”, opina Cantanhêde]
Foto : Reprodução/Tv Estadão

Por Bárbara Silveira e Gabriel Nascimento no dia 06 de Setembro de 2017 ⋅ 08:44

Jornalista especializada em política e colunista do Estadão, Eliane Cantanhêde conversou com Mário Kertész, na manhã desta quarta-feira (6), sobre a situação do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) após a Polícia Federal encontrar R$ 51 milhões escondidos em um apartamento supostamente usado por Geddel, em Salvador.

Para Cantanhêde, a situação deve motivar a ida do ex-ministro para um presídio. Geddel cumpre prisão domiciliar em seu apartamento no Chame-Chame, em Salvador, sem usar a tornozeleira eletrônica. “É aterrorizador, acima de qualquer razoabilidade. É uma corrupção maior do que você pode imaginar em toda sua vida. A gente, antigamente, tinha dinheiro na cueca, mala, sacola, agora você tem um apartamento de dinheiro. O próximo passo é ter um contêiner de dinheiro em um país que precisa de educação, saúde... Acho que isso não é só corrupção, é doença, uma coisa patológica. Geddel agora tem tudo para ser preso efetivamente em Curitiba junto com Eduardo Cunha”, opinou. A defesa do ex-ministro ainda não se posicionou sobre a situação. 

Notícias relacionadas