Política

Espera-se que Senado cumpra decisão do Supremo de afastar Aécio, diz Fux

Após a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidir pelo afastamento do senador Aécio Neves do exercício das funções parlamentares e colocá-lo em recolhimento domiciliar noturno, na última terça-feira (27), o ministro do STF Luiz Fux afirmou, nesta quarta (27), que espera que o Senado Federal cumpra a determinação do colegiado. [Leia mais...]

[Espera-se que Senado cumpra decisão do Supremo de afastar Aécio, diz Fux]
Foto : Nelson Jr./SCO/STF

Por Laura Lorenzo no dia 27 de Setembro de 2017 ⋅ 16:12

Após a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidir pelo afastamento do senador Aécio Neves do exercício das funções parlamentares e colocá-lo em recolhimento domiciliar noturno, na última terça-feira (27), o ministro do STF Luiz Fux afirmou, nesta quarta (27), que espera que o Senado Federal cumpra a determinação do colegiado.

Apesar de ter negado o pedido de prisão feito pelo então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que denunciou o tucano pelos crimes de corrupção passiva e obstrução da Justiça em junho, a Primeira Turma decidiu, por 3 a 2, restaurar as medidas cautelares que haviam sido impostas em maio por Edson Fachin, relator da Lava Jato e do caso J&F.

“O STF já decidiu questões semelhantes de afastamento, já decidiu até questão de prisão de um parlamentar e em ambas as ocasiões o Senado cumpriu a decisão do STF, que é o que se espera que ocorra. Porque o cumprimento das decisões, a harmonia e independência dos poderes, é exatamente um pressuposto do Estado de Direito”, disse o ministro Luiz Fux a jornalistas.

Notícias relacionadas