Política

Atacando Janot, Temer entrega defesa à Câmara dos Deputados

Os advogados de defesa do presidente Michel Temer (PMDB) entregaram na tarde desta quarta-feira (4) à Câmara dos Deputados, a defesa sobre a segunda denúncia oferecida contra ele pela Procuradoria Geral da República (PGR) pelos crimes de organização criminosa e obstrução de Justiça.[Leia mais...

[Atacando Janot, Temer entrega defesa à Câmara dos Deputados]
Foto : Agência Brasil

Por Paloma Morais no dia 04 de Outubro de 2017 ⋅ 16:33

Os advogados de defesa do presidente Michel Temer (PMDB) entregaram na tarde desta quarta-feira (4) à Câmara dos Deputados, a defesa sobre a segunda denúncia oferecida contra ele pelo ex-procurador-geral da República (PGR), Rodrigo Janot, pelos crimes de organização criminosa e obstrução de Justiça.

No documento de 89 páginas endereçado ao presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, deputado Rodrigo Pacheco (PMDB/MG), Temer afirma que tem expectativa da negativa do prosseguimento da denúncia pela CCJ e alega ainda que "ao contrário do ex-procurador-geral da República [Rodrigo Janot] sabe que essa Casa não é composta por bandoleiros".

"A rejeição da autorização para processar o defendente (Temer) selará, novamente, o compromisso dessa Egrégia Câmara dos Deputados com o Estado Democrático de Direito”, destaca o documento assinado pelos advogados penalistas Eduardo Pizarro Carnelós e Roberto Soares Garcia.“Se não porá fim definitivo às acusações, porque isso caberá ao Juízo competente ao final do mandato presidencial, ao menos a decisão de Vv. Ex.ª5 impedirá que novos danos sejam causados à vida institucional e política brasileira por uma denúncia que, viu-se à saciedade, não tem nenhuma consistência”, acrescenta.

A denúncia contra Temer só segue para análise do Supremo Tribunal Federal (STF) com a autorização dos deputados. São necessários os votos de pelo menos 2/3 dos deputados ( 342 dos 513) para que isso aconteça. A previsão é que a votação aconteça em outubro, conforme anunciou o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Notícias relacionadas