Política

Antes de deixar o cargo, ex-PGR Janot pediu quebra de sigilos bancário e fiscal de Aécio

O até então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) em maio deste ano, a quebra do sigilo bancário e fiscal do senador Aecio Neves (PSDB-MG). [Leia mais...]

[Antes de deixar o cargo, ex-PGR Janot pediu quebra de sigilos bancário e fiscal de Aécio]
Foto : Agência Brasil

Por Paloma Morais no dia 04 de Outubro de 2017 ⋅ 18:04

O até então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) em maio deste ano, a quebra dos sigilos bancário e fiscal do senador Aecio Neves (PSDB-MG). Porém, a solicitação só veio a público nesta quarta-feira (4). O pedido de Janot foi feito um pouco antes de o senador Aécio ser denunciado em junho sob suspeita de ter pedido e recebido R$ 2 milhões da JBS com propórsito de ajudar a empresa no Congresso. Ele, por sua vez, nega.

O caso está sob segredo de Justiça e sendo analisado pelo relator do caso, ministro Marco Aurélio Mello, em inquérito em que ele foi acusado dos crimes de corrupção passiva e obstrução de Justiça com base nas delações premiadas do grupo J & F.

Notícias relacionadas