Política

Votação do relatório da denúncia contra Temer deve acontecer em duas semanas

A primeira reunião na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Câmara para avaliar a tramitação da denúncia apresentada contra o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência da República) deverá ser feita na próxima terça-feira (10). [Leia mais...]

[Votação do relatório da denúncia contra Temer deve acontecer em duas semanas]
Foto : Marcos Corrêa/PR

Por Laura Lorenzo no dia 05 de Outubro de 2017 ⋅ 14:20

A primeira reunião na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Câmara para avaliar a tramitação da denúncia apresentada contra o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência da República) deverá ser feita na próxima terça-feira (10), quando o relator Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) lerá seu parecer.

As peças de defesa dos três acusados foram entregues à CCJ na última quarta-feira (4) e agora a comissão terá até cinco sessões para analisar e votar o parecer que está sendo elaborado por Andrada. O relator deve apresentar um voto favorável ou não pelo prosseguimento da denúncia na Justiça.

Depois da apresentação do parecer, cada advogado terá direito de se manifestar oralmente pelo mesmo tempo utilizado pelo relator. Após o posicionamento das defesas, os deputados também poderão apresentar pedido de vista por duas sessões. Caso isso aconteça, a primeira reunião de discussão e votação do parecer de Andrada está prevista para o dia 17 de outubro. Os 66 membros do colegiado e líderes partidários poderão se manifestar por até 15 minutos, e 40 deputados não membros da CCJ (20 favoráveis e 20 contrários à denúncia) poderão se inscrever para falar por até 10 minutos.

Notícias relacionadas