Política

Ângelo Coronel diz que Arlette deixará \"lacuna na sociedade baiana\"

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Ângelo Coronel (PSD), se solidarizou com a família Magalhães e esteve presente no velório da ex-primeira dama do estado, Arlette Magalhães, realizado no Cemitério do Campo Santo, no bairro da Federação, em Salvador, na tarde deste sábado (7) [Leia mais...]

[Ângelo Coronel diz que Arlette deixará \
Foto : Matheus Morais/ Metropress

Por Luiza Leão e Matheus Morais no dia 07 de Outubro de 2017 ⋅ 17:34

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Ângelo Coronel (PSD), se solidarizou com a família Magalhães e esteve presente no velório da ex-primeira dama do estado, Arlette Magalhães, realizado no Cemitério do Campo Santo, no bairro da Federação, em Salvador, na tarde deste sábado (7). Em entrevista ao Metro1, Coronel disse que Arlette vai deixar uma \"lacuna na sociedade baiana\" e falou que em momentos de pesar, não se deve fazer política e que rixas partidárias devem ser deixadas de lado.

\"Ela foi uma grande mãe de família. Foi a companheira do senador Antônio Carlos Magalhães até a sua morte. Não a conhecia pessoalmente, mas o que se diz é que vai deixar uma lacuna muito grande na sociedade baiana\", disse Coronel.

O presidente da AL-BA disse que apesar da pouca proximidade com Arlette, decidiu ir ao velório em apoio aos familiares e condenou \"politicagens\" em momentos de pesar, criticando o ato como \"mesquinho\". \"Na hora da perda de uma pessoa familiar ninguém pode pensar em partido político. É muito mesquinho quem quiser fazer política com a morte de alguém. Eu tenho amizade com Antônio Carlos Magalhães Júnior, com ACM Neto, não tinha com o senador Antônio Carlos, mas tenho com os seus descendentes. Por isso estou aqui, me solidarizando com a família\", acrescentou.

Notícias relacionadas