Política

Viagens e falta de passagem: nove senadores não foram à sessão que salvou Aécio

A sessão que devolveu o mandato de Aécio Neves (PSDB-MG), na última terça-feira (17), teve a ausência de nove senadores. Os parlamentares alegaram viagens ao exterior e falta de passagens para Brasília, no Distrito Federal. Na votação, 26 senadores foram a favor do afastamento e 44 contrários. [Leia mais...]

[Viagens e falta de passagem: nove senadores não foram à sessão que salvou Aécio]
Foto : Agência Brasil

Por Gabriel Nascimento no dia 18 de Outubro de 2017 ⋅ 07:44

A sessão que devolveu o mandato de Aécio Neves (PSDB-MG), na última terça-feira (17), teve a ausência de nove senadores. Os parlamentares alegaram viagens ao exterior e falta de passagens para Brasília, no Distrito Federal. Na votação, 26 senadores foram a favor do afastamento e 44 contrários.

Eram necessários 41 votos favoráveis para a suspensão do mandato. Eunício Oliveira (PMDB-CE) não votou por ser presidente da Casa e Aécio por estar afastado após denúncia com base nas delações de executivos da J&F, que controla a JBS.

Confira a lista:

- Armando Monteiro (PTB-PE): viagem oficial aos Emirados Árabes
- Cristóvão Buarque (PPS-DF): viagem oficial aos Emirados Árabes
- Gladson Camelli (PP-AC): viagem oficial à Rússia
- Gleisi Hoffmann (PT-PR): viagem oficial à Rússia
- Jorge Viana (PT-AC): viagem oficial à Rússia
- Ricardo Ferraço (PSDB-ES): viagem oficial aos Emirados Árabes
- Rose de Freitas (PMDB-ES): disse que não encontrou passagem aérea disponível do Espírito Santo para Brasília nesta terça-feira
- Sérgio Petecão (PSD-AC): viagem oficial à Rússia
- Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM): viagem oficial à Rússia

Notícias relacionadas