Política

Zé Neto confirma candidatura a deputado federal e lembra: ʹTive votos para me eleger com folgaʹ

Em conversa ao Metro1 na noite desta quinta-feira, o deputado Zé Neto (PT) confirmou a intenção de lançar a candidatura para deputado federal nas próximas eleições. Salientando o bom resultado nas últimas eleições estaduais e também a falta de outros candidatos da base em Feira de Santana, o petista afirmou que tem inclusive o apoio do governador Rui Costa (PT) para tentar avançar para a Câmara. [Leia mais...]

[Zé Neto confirma candidatura a deputado federal e lembra: ʹTive votos para me eleger com folgaʹ]
Foto : Reprodução / Facebook

Por Laura Lorenzo e Matheus Morais no dia 19 de Outubro de 2017 ⋅ 19:29

Em conversa ao Metro1 na noite desta quinta-feira (19), o deputado Zé Neto (PT) confirmou a intenção de lançar a candidatura para deputado federal nas próximas eleições. Salientando o bom resultado nas últimas eleições estaduais e também a falta de outros candidatos da base em Feira de Santana, o petista afirmou que tem inclusive o apoio do governador Rui Costa (PT) para tentar avançar para a Câmara.

\"Eu vou para federal porque o ambiente da política na minha região proporciona um fato inusitado: não tem nenhum candidato da base em Feira [de Santana]. Então tem um vazio grande. E, além disso, na própria conjuntura da campanha de Rui seria interessante ir para federal. Nesse momento é um desafio importante, o próprio governador também já tinha acenado publicamente que achava interessante a ideia\", disse o deputado.

O petista afirmou ainda que tem o apoio forte de seus colegas da base, e se mostrou otimista com o resultado da candidatura. \"Eu, nos últimos três mandatos, tive votos suficiente para me eleger deputado federal, com folga. Eu fui o deputado mais votado do PT nas ultimas duas eleições. Sempre existiu uma certa possibilidade de avançar para federal, e agora estamos combinando na corrente. Dá para fazer a disputa com tranquilidade e vamos lá para esse desafio. Depois de 16 anos na Assembleia [Legislativa da Bahia], praticamente, a gente vai buscar a Câmara\", concluiu.

Notícias relacionadas