Política

Após liminar cair, desmonte do Centro de Convenções da Bahia ʹvai andarʹ, garante Dauster

O secretário da Casa Civil do estado, Bruno Dauster, foi entrvistado na Rádio da Metrópole na noite desta terça-feira (25) e falou sobre o desmonte do Centro de Convenções da Bahia, que ainda está praticamente do mesmo jeito que foi deixado quando desabou, em setembro de 2016.[Leia mais...]

[Após liminar cair, desmonte do Centro de Convenções da Bahia ʹvai andarʹ, garante Dauster]
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Laura Lorenzo no dia 24 de Outubro de 2017 ⋅ 18:39

O secretário da Casa Civil do estado, Bruno Dauster, foi entrvistado na Rádio da Metrópole na noite desta terça-feira (25) e falou sobre o desmonte do Centro de Convenções da Bahia, que ainda está praticamente do mesmo jeito que foi deixado quando desabou, em setembro de 2016. Rebatendo as críticas sobre o abandono do local, Dauster garantiu que, agora que não há mais uma liminar impedindo o desmonte, o serviço será feito.

"Até a semana passada estivemos bloqueados por uma liminar que só agora o juiz retirou e autorizou que se faça. E está sendo feito o desmonte daquelas parcelas que estavam para cair, que representam risco inclusive para o trabalho de investigação, de análise, de desmonte, que, inclusive, foi retomado. Se não tiver nenhuma liminar mandando parar, como vive aparecendo liminar para interromper o VLT e o Centro de Convenções, vamos andar", afirmou.

Dauster também falou sobre a polêmica envolvendo o Centro de Convenções Municipal, anunciado nesta segunda-feira (23) pelo prefeito ACM Neto, mas evitou críticas ao projeto. "Não há polêmica nenhuma. Se a Prefeitura decide fazer um Centro de Convenções 90 dias depois de anunciarmos o nosso, ela tem o direito de fazer. Nós não temos o direito de dizer o que a Prefeitura deve ou não fazer, como a Prefeitura não tem o direito de dizer o que é prioridade do estado ou tentar pautar o estado", afirmou

Notícias relacionadas