Política

‘Compra do meu silêncio foi forjada para derrubar Temer’, afirma Cunha

O ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha voltou a negar que recebeu dinheiro do empresário Joesley Batista para não fazer delação premiada. Ele afirmou ainda que a suposta compra do seu silêncio foi ‘forjada para derrubar o mandato do presidente Michel Temer‘. [Leia mais...]

[‘Compra do meu silêncio foi forjada para derrubar Temer’, afirma Cunha]
Foto : Alex Ferreira/Câmara dos Deputados

Por Laura Lorenzo no dia 06 de Novembro de 2017 ⋅ 14:26

O ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha voltou a negar que recebeu dinheiro do empresário Joesley Batista para não fazer delação premiada. Ele afirmou ainda que a suposta compra do seu silêncio foi ‘forjada para derrubar o mandato do presidente Michel Temer‘.

Cunha fez a declaração em resposta a uma pergunta do juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10.ª Vara Federal em Brasília, no âmbito dos interrogatórios da ação penal derivada da Operação Sépsis. “Deram uma forjada e Joesley foi cúmplice e agora está pagando o preço por isso”, disse o ex-deputado

A suposta compra do silêncio de Cunha veio a público pela primeira vez quando o áudio da conversa gravada entre Temer e Joesley no Palácio do Jaburu foi divulgado, no dia 7 de março. Em seu acordo de delação premiada, Joesley Batista afirmou ter efetuado pagamentos para o ex-deputado e seu operador, Lúcio Bolonha Funaro, com o objetivo de manter os dois em silêncio na prisão.

Apesar de negar a compra de silêncio, Cunha afirmou ter participado de um encontro entre Joesley e Temer em 2012.

Notícias relacionadas

[Luciano Huck vende sua participação no Madero, diz jornal]
Política

Luciano Huck vende sua participação no Madero, diz jornal

Por João Brandão no dia 05 de Julho de 2020 ⋅ 16:01 em Política

Sócio majoritário Junior Durski, que já se declarou “100% Bolsonaro”, provocou polêmica no começo da pandemia ao dizer que o Brasil não deveria parar por “cinco ou sete m...