Política

Após admitir possível derrota, Temer se diz animado com negociações sobre reforma da Previdência

Após ter admitido que o governo poderia perder na votação da reforma da Previdência, o presidente Michel Temer afirmou, nesta quinta-feira (9), que está “animado” com o avanço das negociações em torno da proposta e sua possível aprovação. O peemedebista fez reuniões na última quarta (8) e nesta quinta com líderes da base aliada na Câmara e ministros para discutir o texto. [Leia mais...]

[Após admitir possível derrota, Temer se diz animado com negociações sobre reforma da Previdência]
Foto : Antonio Cruz/agencia Brasil

Por Laura Lorenzo no dia 09 de Novembro de 2017 ⋅ 17:41

Após ter admitido que o governo poderia perder na votação da reforma da Previdência, o presidente Michel Temer afirmou, nesta quinta-feira (9), que está “animado” com o avanço das negociações em torno da proposta e sua possível aprovação. O peemedebista fez reuniões na última quarta (8) e nesta quinta com líderes da base aliada na Câmara e ministros para discutir o texto, que ainda deve sofrer alterações antes de ser votado na Casa.

“Eu estou animado porque hoje tem o apoio presidente [da Câmara] Rodrigo Maia, do presidente [do Senado] Eunício. Fizemos várias reuniões nesses dois, três dias”, disse Temer a jornalistas após participar da cerimônia de lançamento do Programa Avançar.

Para o peemedebista, é preciso explicar o que é a “verdadeira reforma da Previdência” e sua importância para aprovar o texto. “O único objetivo dessa reforma é combater privilégios e preservar os mais pobres, os mais vulneráveis. O que há sim é uma quebra de privilégios que hoje não podem mais existir”, completou.

Notícias relacionadas