Política

PF prende ex-assessor da Secretaria de Administração Penitenciária do RJ

Lips foi preso nesta manhã ao desembarcar no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro. Informações preliminares apontam que ele estaria vindo dos Estados Unidos. A Operação Pão Nosso é um dos desdobramentos da Lava Jato que investiga a gestão do ex-governador Sérgio Cabral Filho. César Rubens Monteiro de Carvalho já havia sido preso no dia em que a operação foi deflagrada. [Leia mais...]

[PF prende ex-assessor da Secretaria de Administração Penitenciária do RJ]
Foto : RJ TV

Por Alexandre Galvão no dia 17 de Março de 2018 ⋅ 16:04

A Polícia Federal prendeu, na manhã de hoje, o assessor do ex-secretário estadual de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro, Marcos Vinícius Lips. Ele e o ex-secretário, coronel César Rubens Monteiro, estão entre os investigados da Operação Pão Nosso, deflagrada no dia 13 de março para investigar esquema de lavagem de dinheiro envolvendo a secretaria. De acordo com os investigadores, o esquema movimentou cerca de R$ 44,7 milhões entre 2010 e 2015.

O desvio teria ocorrido por meio de superfaturamento em contratos de fornecimento de lanches e cafés da manhã para presídios do estado. Parte da fraude teria sido feita por meio do uso da moeda virtual bitcoin, segundo informou o superintendente da Receita Federal, Luiz Henrique Casemiro.

Lips foi preso nesta manhã ao desembarcar no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro. Informações preliminares apontam que ele estaria vindo dos Estados Unidos. A Operação Pão Nosso é um dos desdobramentos da Lava Jato que investiga a gestão do ex-governador Sérgio Cabral Filho. César Rubens Monteiro de Carvalho já havia sido preso no dia em que a operação foi deflagrada.

Notícias relacionadas

[Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos]
Política

Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Setembro de 2019 ⋅ 10:40 em Política

Nova provocação entre os potenciais adversários nas eleições presidenciais de 2022 acontece em meio ao anúncio de investimentos da montadora Toyota em São Paulo