Política

Mendes nega pedido contra prisão após condenação em segunda instância

Um habeas corpus coletivo impetrado por dez advogados do Ceará para impedir a prisão de condenados em segunda instância foi negado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, ontem. [Leia mais...]

[Mendes nega pedido contra prisão após condenação em segunda instância]
Foto : Elza Fiúza/ Agência Brasil

Por Matheus Morais no dia 20 de Março de 2018 ⋅ 08:40

Um habeas corpus coletivo impetrado por dez advogados do Ceará para impedir a prisão de condenados em segunda instância foi negado ontem pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes. O processo foi distribuído após sorteio na Corte.

Na decisão, o magistrado afirmou que a pretensão era "genérica" e não poderia ser colocada em prática porque cada caso teria de ser analisado individualmente.

“Seria temerária a concessão da ordem, uma vez que geraria uma potencial quebra de normalidade institucional. Isto porque, ainda que pairem dúvidas acerca da manutenção, ou não, do entendimento desta Corte em relação ao tema, as prisões em tela têm justa causa”, afirmou o ministro.

No pedido, os advogados incluíram como possíveis beneficiados por uma eventual decisão “todos os cidadãos que se encontram presos, e os que estão na iminência de serem, para fins de execução provisória de pena, decorrente de condenação confirmada em segundo grau”.

Eles alegaram que essas pessoas estariam sofrendo “constrangimento ilegal”, em razão de “omissão” da ministra Cármen Lúcia, presidente da Corte, que não colocou na pauta de julgamentos do plenário duas ações que aguardam análise sobre a prisão após uma condenação em segunda instância.

A prisão após condenação em segunda instância é questionada pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Notícias relacionadas

[Após Roda Viva, Temer nega 'golpe': 'Jamais houve isso']
Política

Após Roda Viva, Temer nega 'golpe': 'Jamais houve isso'

Por Juliana Almirante no dia 17 de Setembro de 2019 ⋅ 11:17 em Política

Ex-presidente levantou polêmica nas redes sociais ao usar na TV a palavra "golpe", frequentemente utilizada pela oposição para se referir ao impeachment

[CPMI das Fake News vota plano de trabalho hoje]
Política

CPMI das Fake News vota plano de trabalho hoje

Por Juliana Almirante no dia 17 de Setembro de 2019 ⋅ 10:40 em Política

Além dos estudos e pareceres técnicos elaborados, a intenção é incluir ferramentas de consulta pública

[Petrobras vai segurar preço da gasolina no curto prazo]
Política

Petrobras vai segurar preço da gasolina no curto prazo

Por Juliana Rodrigues no dia 17 de Setembro de 2019 ⋅ 08:40 em Política

Preocupação de especialistas e investidores é que a empresa seja usada novamente para atender às demandas do governo, o que pode atrapalhar negociações

[Mesmo com ordem de repouso, Bolsonaro antecipa volta ao cargo]
Política

Mesmo com ordem de repouso, Bolsonaro antecipa volta ao cargo

Por Juliana Rodrigues no dia 17 de Setembro de 2019 ⋅ 07:40 em Política

Embora tenha dito estar bem, o presidente admitiu que só voltará "à atividade 100%" depois da viagem para os Estados Unidos, marcada para o dia 23 de setembro