Política

Lava Jato: Gérson Almada se entrega à PF

Ex-vice-presidente da Engevix, o empreiteiro Gérson de Mello Almada se entregou à Polícia Federal, em Curitiba, na tarde de hoje, ao lado de uma advogada. Ele chegou ao local cobrindo o rosto com um capuz. A prisão atende uma determinação do juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos julgamentos da Operação Lava Jato em primeira instância. [Leia mais...]

[Lava Jato: Gérson Almada se entrega à PF]
Foto : Valter Campanato/Agência Brasil

Por Matheus Simoni no dia 20 de Março de 2018 ⋅ 15:00

Ex-vice-presidente da Engevix, o empreiteiro Gérson de Mello Almada se entregou à Polícia Federal, em Curitiba, na tarde de hoje, ao lado de uma advogada. Ele chegou ao local cobrindo o rosto com um capuz.

A detenção atende a uma determinação do juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos julgamentos da Operação Lava Jato em primeira instância. O magistrado ordenou a execução provisória após condenação pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

A sentença inicial foi reformada na 2ª instância. O TRF4 aplicou 34 anos e 20 dias a Gérson Almada em 21 de junho de 2017 por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e pertinência à organização criminosa.

Na determinação de Moro, o magistrado chegou a advertir que uma eventual alteração no entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a execução de pena após decisão de 2ª instância seria considerada "desastrosa".

Notícias relacionadas