Sábado, 25 de setembro de 2021

Política

Rui diz que compartilha ‘paternidade’ no Metrô ‘desde que governo pague’ o que deve

Ainda segundo o petista, a procuradoria-geral do Estado já está instruída em acionar a Justiça para que os repasses sejam efetivados. “Já pedi a Procuradoria do Estado para que eventualmente acione judicialmente, porque tem um normativo para que o pagamento dos ministérios seja feito por ordem cronológica de apresentação das faturas e isso tá sendo desrespeitado. As faturas do Estado da Bahia não estão sendo pagas”. [Leia mais...]

Rui diz que compartilha ‘paternidade’ no Metrô ‘desde que governo pague’ o que deve

Foto: Tácio Moreira/ Metropress

Por: Alexandre Galvão e Gabriel Nascimento no dia 23 de março de 2018 às 08:27

O governador Rui Costa (PT), em entrevista a Mário Kertész, direto do Metrobus da Rádio Metrópole, em Pituaçu, afirmou que não tem problema nenhum em “compartilhar a paternidade” das obras do Metrô de Salvador, “desde que o governo federal pague o que deve”.

“De dois contratos, do metrô e vias estruturantes, o governo federal nos deve quase R$ 260 milhões. Eu teria o maior orgulho de compartilhar a paternidade, desde que paguem. Como não vamos permitir que as obras parem, tenho que colocar minha parte no contrato e suprir a parte do governo federal que não estão pagando”, afirmou.

Ainda segundo o petista, a procuradoria-geral do Estado já está instruída em acionar a Justiça para que os repasses sejam efetivados. “Já pedi a Procuradoria do Estado para que eventualmente acione judicialmente, porque tem um normativo para que o pagamento dos ministérios seja feito por ordem cronológica de apresentação das faturas e isso está sendo desrespeitado. As faturas do Estado da Bahia não estão sendo pagas”, cobrou.

Rui diz que compartilha ‘paternidade’ no Metrô ‘desde que governo pague’ o que deve - Metro 1