Segunda-feira, 25 de outubro de 2021

Política

Petrobras adia por 120 dias suspensão da Fafen na Bahia e Sergipe

O prazo do adiamento deverá contar a partir de 30 de junho, data prevista pela Petrobras para a hibernação das fábricas de fertilizantes. [Leia mais...]

Petrobras adia por 120 dias suspensão da Fafen na Bahia e Sergipe

Foto: Divulgação/Câmara

Por: Clara Rellstab no dia 27 de março de 2018 às 19:30

Os deputados federais José Carlos Aleluia (DEM-BA) e André Moura (PSC-SE) conseguiram aprovar hoje (27), em reunião com o presidente da Petrobras, Pedro Parente, o adiamento por 120 dias da suspensão das atividades das unidades industriais da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen) na Bahia e em Sergipe.

O prazo do adiamento deverá contar a partir de 30 de junho, data prevista pela Petrobras para a hibernação das fábricas de fertilizantes. A proposta de Aleluia foi acatada por todos integrantes da bancada baiana no Congresso e pelo vice-governador João Leão, que representou a Bahia na sessão.

No período de quatro meses, será criada uma comissão em cada estado com a participação da companhia, dos governos dos estados e das fundações das indústrias para avaliar a viabilidade de alternativas que mantenham as plantas em funcionamento.

Petrobras adia por 120 dias suspensão da Fafen na Bahia e Sergipe - Metro 1